Voltar

Educação Infantil e Ensino Fundamental

Educação Infantil e Ensino Fundamental

EDUCAÇÃO INFANTIL


I - Pré-Escola I: para crianças de 4 anos de idade a serem completados até o dia 31 de março do ano em curso, conforme legislação em vigor;

II - Pré-Escola II: para crianças de 5 anos de idade, respectivamente, a serem completados até o dia 31 de março do ano em curso.

 

A educação infantil, primeira etapa da educação básica, ajuda no desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social da criança, complementando a ação da família e da comunidade.

É durante a primeira infância (até os seis anos) que ocorre grande parte do desenvolvimento da criança e de sua inteligência, em nível racional e emocional, determinando sua capacidade de aprender.

A Escola Santa Maria Goretti insere seus alunos na Educação Básica através de brincadeiras para estimular a criança de forma adequada, integrando aspectos cognitivos e sociais.

Neste processo de construção, em busca de sua autonomia a criança percorre diversos caminhos. Pensando nisso, o aprendizado se dá sob diversas formas: jogos, pinturas, recortes, reconhecimento das letras.

 

A Educação Infantil tem por objetivos:

a)    oferecer educação integral às crianças complementando a ação da família, da comunidade e da sociedade, desenvolvendo a capacidade crítica, criativa, autonomia, socialização e senso comunitário;

b)    proporcionar condições adequadas para promover o bem-estar da criança e seu desenvolvimento integral, estimulando sua curiosidade e seu interesse;

c)    despertar o senso de solidariedade e responsabilidade propondo a “Educação do Coração” como princípio da “Pedagogia do Amor”;

d)    proporcionar atividades que desenvolvam os aspectos, tais como: habilidades para a sociabilidade com limites de convivência saudável, desenvolvimento das potencialidades sensório-motor, inteligência emocional e afetivas, funções simbólicas e cognitivas, a expressão verbal, plástica e corporal;

e)    iniciar o processo de alfabetização. 

ENSINO FUNDAMENTAL I


Anos Iniciais - 1º ao 5º anos

Nos Anos Iniciais, a proposta de alfabetização se dá a partir de projetos de trabalho, com ênfase na leitura, na escrita e no desenvolvimento do pensamento lógico-matemático. É vinculada à realidade das crianças, proporcionando sentido e significado ao processo de construção do conhecimento.

Atividades além da sala da aula, como temas de casa, saídas de estudos e trabalhos complementares ajudam no desenvolvimento dos educandos. As crianças são permanentemente estimuladas a utilizar os recursos da biblioteca, desenvolvendo o gosto pela leitura e pelos estudos.
 

ENSINO FUNDAMENTAL II


Anos Finais – 6º ao 9º Anos

O Ensino Fundamental II abrange os alunos do 6º ao 9º ano, uma fase de solidificação dos traços cognitivos, afetivos, sociais e éticos.

A metodologia utilizada é a Metodologia Dialética da Construção do Conhecimento. Com base na concepção de homem e de conhecimento, onde se entende o homem como um ser de relações e o conhecimento como construção do sujeito na sua relação com os outros e com o mundo. As três dimensões desta metodologia são:

• Mobilização para o conhecimento

• Construção do conhecimento

• Elaboração e expressão da síntese do conhecimento

Essa fase de transição é a etapa em que valores e atitudes norteiam as relações interpessoais e intermediam à relação do aluno com a realidade. É, portanto, imprescindível no desenvolvimento deste processo à valorização do aprender contínuo, a troca de exemplos/vivência e valores relevantes que estimulem os alunos a refletir para tomar decisões e superar desafios.


O Ensino Fundamental I e II têm como objetivos:

a) Proporcionar ao aluno as condições necessárias ao desenvolvimento integral e harmônico de suas potencialidades, com vistas à realização pessoal e a formação de competências e habilidades para chegar a ser “bom cristão e honesto cidadão”;

b) Despertar a compreensão do ambiente natural e social, da cultura, da tecnologia, das artes e dos valores, nos quais se fundamentam os princípios de uma vida equilibrada, justa, saudável e sustentável;

c) Oportunizar espaços para despertar e facilitar o desenvolvimento dos saberes, capazes de projetar os alunos para o protagonismo, no processo de transformação científico-tecnológico para uma sociedade eticamente sustentável;

d) Praticar a “Educação do Coração”, decorrência da “Pedagogia do Amor”, buscando desenvolver espírito de respeito, de boas maneiras e, especialmente, de solidariedade e responsabilidade com a vida dos excluídos.


Novidades da escola
No seu e-mail